• Home / Notícias / Promoção turística conjunta dos países do Mercosul em mercados de longa distância ganha força

Promoção turística conjunta dos países do Mercosul em mercados de longa distância ganha força

 

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, propôs ontem à vice-ministra de Turismo e Desporto do Uruguai, Liliam Kechichián, ampliar a parceria nas ações conjuntas de promoção turística nos mercados de longo alcance. A idéia é estimular árabes, chineses e os habitantes do leste europeu a comprarem pacotes integrados para conhecer os países do Mercosul.

Atualmente, os quatro países do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) já vendem pacotes integrados no Japão e na Coreia do Sul. “Podemos atuar em parceria, vendendo roteiros integrados, da mesma forma nos Emirados Árabes, na China, no Leste Europeu¨, sugeriu o ministro brasileiro, em reunião na noite de ontem, em Montevideo.

A proposta de ampliação já foi discutida com a Argentina e será levada ao ministro da Economia, Fomento e Turismo do Chile, Juan Andrés Fontaine, com quem o ministro Barretto se encontrará hoje, em Santiago. Posteriormente a proposta será feita ao governo do Paraguai.

Fonte: CET

Na manhã de hoje, o ministro reuniu-se com empresários do Comitê Descubra Brasil, que vendem os destinos turísticos brasileiros no Uruguai. O ministro Barretto apresentou-lhes a nova campanha publicitária ¨Os sons do Brasil¨, lançada mundialmente em julho, na África do Sul, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os filmes já estão sendo veiculados desde julho em princípio, em três redes de Tv aberta e agora em canais fechados e os cartazes de rua serão expostos nos próximos dias. O investimento em marketing no mercado uruguaio será de R$ 861,6 mil este ano (em 2007, o valor gasto em promoção no país foi de R$ 148,6 mil).